SOBRE

Gestão de Risco

Contamos com uma equipe de gestão de risco para implementação do programa de compliance, em conformidade (compliance é conformidade) com normas e leis vigentes, seguindo as orientações da política de prevenção à lavagem de dinheiro e ao financiamento do terrorismo – PLDFT e da avaliação interna de risco e de regras, procedimentos e controles internos estabelecidos pela Comissão de Valores Mobiliários – CVM na instrução nº. 617.

Este programa começa por uma boa definição de regras e diretrizes que irão direcionar suas ações em seu processo de análise, normalmente chamado de política de crédito.

A Resolução nº. 3.721 do Bacen define o risco de crédito como a possibilidade de ocorrência de perdas associadas: ao não cumprimento pelo tomador ou contraparte de suas respectivas obrigações financeiras nos termos pactuados; à desvalorização de contrato de crédito decorrente da deterioração na classificação de risco do tomador; à redução de ganhos ou remunerações; às vantagens concedidas na renegociação e; aos custos de recuperação. Sendo assim, é essencial a busca inconstante de informações a respeito do “risco cliente”.